segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Laura Reese - Falsa Submissão


Alguém aqui já leu algum livro ou ouviu falar da escritora americana Laura Reese? Ela é uma iniciante no mundo literário, seu primeiro romance se chama Falsa Submissão e é sobre ele que eu vou falar hoje.

O romance conta a história de Franny Tibbs, jovem, enfermeira, que se apaixona por um excêntrico professor de música chamado Michael (no livro, a autora sempre se refere a ele como M.) e que foi encontrada morta aos 24 anos em seu apartamento com os pulsos amarrados, sinais de tortura e cortes por todo corpo. As causas da sua morte não foram definidas pela perícia e não descobriram seu assassino. 
Nora Tibbs, sua irmã mais velha, vivia afastada de Franny e quase não tinha tempo pra falar com ela, de modo que ela sempre sentiu um vazio dentro de si, vazio que foi preenchido com a chegada de Michael em sua vida. Mas mal sabia ela que estava entrando num beco sem saída. M., vamos dizer assim, tinha umas maneiras estranhas de obter prazer de uma mulher, logo no início Franny estranhou isso, ele então disse a ela que não era obrigada a ficar com ele, que poderia parar quando quisesse, mas ela com medo de ficar sozinha novamente, sempre aceitava tudo que ele pedia. e vou te dizer, a coisa era muito bizarra, e com detalhes
Cada dia que se passava ela se tornava mais refém de seus métodos sombrios, até que um certo dia algo aconteceu e M. não quis mais saber dela. Franny ficou arrasada e ligava muitas vezes pra casa de M. dizendo que amava ele, que faria tudo, tudo, tudo pra voltar pra ele e que seriam felizes de agora em diante... Nada aconteceu, até que ela desistiu.
Meses depois foi encontrada morta em seu apartamento. E agora, quem a matou? Por que a torturou e a cortou antes de matá-la? Ninguém sabia, a polícia não tinha pistas e a perícia deu a casa da sua morte como desconhecida.
Aí que Nora Tibbs entra na história. Ao saber que sua irmã mais nova morreu, ela se sentiu muito culpada por ter deixado ela tão só. Se sentiu mal com essa morte tão trágica e sem explicação. Depois das investigações terminadas, a polícia deu uma caixa com as coisas de sua irmã e entre essas coisas continha um diário virtual de Franny, estava com algumas lacunas, mas as páginas que tinham já revelava muito sobre o único suspeito. Michael M.,seu ex namorado. Nora logo quando leu ficou chocada com as coisas que M. submetia a Franny, e isso aumentou mais ainda seu desejo de vingança. Ela não tinha dúvidas que fora ele quem a matou. Agora só tinha uma coisa a fazer, investigá-lo.
Ela se aproximou dele com o objetivo de descobrir a verdade sobre tudo, o preço era alto, ela teria que se submeter aos seus desejos sádicos, teria que tomar o lugar da sua irmã.
Ao longo do tempo M. controlou Nora, jogou-a contra seu antigo namorado, fez ela suspeitar dele, fez ela acreditar que ele era inocente. Mas como tudo tem seu limite, M. superou os seus, cometeu um erro, um erro que fez Nora se dar conta de que ela estava totalmente errada sobre tudo, ela depois disso descobriu como fazer ele contar de uma vez por todas o que aconteceu realmente entre ele e sua irmã. Só um namoro passageiro, ou teria mais alguma coisa? Um assassinato? O que o teria levado a cometer tal crime selvagem? Por que e como fez? Fora ele mesmo que matara Franny, ou Nora estaria enganada sobre tudo novamente e ela acabou ficando sem descobrir quem matou sua irmã? Ficaria um assassino impune? 

Curioso para saber os fatos que levam Nora a se submeter a isso tudo? Para saber exatamente em detalhes o que tanto M. submetia Franny a fazer? Sim? Então arrumem um tempo livre e vão ler o livro. Eu só não recomendo ele pra quem é sensível, não está acostumado com cenas fortes, temas pesados, quem tem falta de paciência também porque o livro tem mais de 300 páginas. Já aviso logo, quem tiver alguma das coisas acima e ler apenas algumas páginas do livro pensando que vai parar por lá antes da coisa pegar fogo está muito enganado, o livro te prende, e você só vai terminar de ler quando chegar no final de tudo. Estou avisando, acredite em mim!
Só pra aguçar mais a vontade de ler o livro, aqui vai a contra capa escrita:

Chicotes, roupas de vinil negro, correntes, um cachorro 
dinamarquês. O prazer bizarro do sadomasoquismo não fazia
muito sentido para Nora Tibbs, jornalista duma cidadezinha da
Califórnia. Isto até o brutal assassinato da irmã. Obcecada
pela ideia de encontrar o criminoso, Nora se deixa conduzir
pelo misterioso M. por um mundo de jogos eróticos perversos,
sem regras ou limites, descobrindo os desejos mais primitivos
e sensações antes inimagináveis. Atraída pelo magnetismo
excêntrico de M., ela só não desconfia que a morte acompanha 
seus passos e pode até estar ao seu lado, na cama.
Suspense com altas doses do mais inusitado tipo de erotismo
estão em Falsa Submissão, uma história perturbadora que marca
a estreia literária da americana Laura Reese.  

Agora eu acho que vocês devem estar se perguntando o que o cachorro dinamarquês está fazendo na contra capa do livro. Um cachorro, meu Deus! Nunca imaginei nem que fosse possível isso, meu queixo caiu quando li, sério. Leiam, leiam, é melhor. ou pior

Eu achei esse livro na internet quando tinha terminado de ler meu 5º romance do Sidney Sheldon, aí queria ler um livro de outro autor, me interessei por esse e comecei a ler. É incrível como a autora detalha cada parte, dá até pra se sentir dentro do livro, você chega a ver a cena na sua frente. Diria que pra o primeiro livro ela começou muito bem. Ela descreve tudo muito bem como eram os personagens, o clima de cada um, como se sentiam a cada dia que passada, tudo, nada escapou da sua descrição. No começo eu achei que ela tinha exagerado um pouco nas partes ‘pesadas’ do livro, mas eu entendi que a intenção dela era exatamente essa, mostrar como era uma relação sado masoquista, como acontecia, e em casos até humilhante, repugnante, tem certos momentos que deu vontade de parar de ler, mas não tem como. Cada história te leva a outra, você fica curioso pra saber a reação dos personagens, até que ponto irão, quais seus limites. Quando terminarem de ler você vai até achar que foi ruim, só depois vai entender o significado, a intenção da autora ao escrevê-lo. Como já disse, ela descreve muito bem as cenas, e revelou neste livro o lado sombrio de uma relação, o quão longe uma pessoa pode ir em busca de uma coisa, tanto M. em obter prazer quanto Nora em saber a verdade. Resumindo o livro em poucas palavras, viciante, polêmico, avassalador. Ele vai destruir qualquer visão que você tinha sobre sadomasoquismo, aquela imagem de ser apenas um chicotinho e correntes. Vai muito além disso, e vocês vão ver. 
Boa leitura.

Os interessados no livro podem mandar o endereço de e-mail pelo meu Ask.fm que enviarei o PDF o mais breve possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou?
Opine !
Xingamentos não serão aceitos.